O Jornal Tocha da Verdade é um periódico trimestral independente que tem como objetivo resgatar os princípios cristãos em toda sua plenitude. Com artigos escritos por pastores, professores de algumas áreas do saber e por estudiosos da teologia buscamos despertar a comunidade cristã-evangélica para a pureza das Escrituras. Incentivamos a prática e a ética cristã em vistas do aperfeiçoamento da Igreja de Cristo como noiva imaculada. Prezamos pela simplicidade do Evangelho e pelo não conformismo com a mundanização e a secularização do Cristianismo pós-moderno em fase de decadência espiritual.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Jovem de 9 anos quer ser astrofísico para provar a existência de Deus

Quando Peter Maillis disse a seu filho de 7 meses de idade para ir para a cama, William respondeu: “Eu não quero”. Ficou claro desde muito cedo que William não era uma criança comum, e recentemente ele provou ser, mais uma vez, um talento acima do normal: ao completar 9 anos de idade ingressou na faculdade. De acordo com pessoas do seu convívio, William se formou no colegial, em maio, e está atualmente estudando na Community College of Allegheny County e vai se inscrever na Universidade Carnegie Mellon no próximo Outono. Um psicólogo declarou que William já era um gênio aos 5 anos de idade. Por esse tempo, ele sabia multiplicação, ler e escrever (2 anos); poderia usar linguagem de sinais e ler grego (4 anos); e tinha aprendido a geometria em uma noite (5 anos).
William diz que ser a pessoa mais jovem em aulas de faculdade não o incomoda. “Estou acostumado com isso agora”, disse ele. O reitor disse que William é “mais do que excelência”, angariando sucesso em todos os cursos que ele ingressou. Uma das grandes notícias é que William espera se tornar um astrofísico, e ele já não concorda com Albert Einstein e Stephen Hawking quando se trata de buracos negros. Seu objetivo final? “Eu quero provar a todos que Deus existe”, disse ele com um sério desígnio. Ele está atualmente trabalhando em suas teorias de como o universo foi criado e os objetivos de se tornar um astrofísico, com o principal objetivo: provar que Deus é real. Ele vai fazer isso, mostrando que somente uma força externa poderia ser capaz de criar o universo.
O pai acredita que Deus deu um dom ao jovem. Seu pai é um padre ortodoxo grego e afirmou que “a pior coisa seria rejeitar esse dom e não usá-lo para a melhoria do mundo”. 

Agora, ao estudar na Faculdade Comunitária de Allegheny County, ele tem despertado a curiosidade de muitos, pois segundo o professor de história, Peter Aaron Hoffman, o que chama atenção, pois tem notado uma diferença entre esse aluno de nove anos de idade e seus outros alunos, é que, aparentemente, William é o único aluno que não toma notas - em vez disso, ele ouve, lê e absorve todo o conteúdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário