O Jornal Tocha da Verdade é um periódico trimestral independente que tem como objetivo resgatar os princípios cristãos em toda sua plenitude. Com artigos escritos por pastores, professores de algumas áreas do saber e por estudiosos da teologia buscamos despertar a comunidade cristã-evangélica para a pureza das Escrituras. Incentivamos a prática e a ética cristã em vistas do aperfeiçoamento da Igreja de Cristo como noiva imaculada. Prezamos pela simplicidade do Evangelho e pelo não conformismo com a mundanização e a secularização do Cristianismo pós-moderno em fase de decadência espiritual.

Comunie

Comunie

quarta-feira, 31 de maio de 2017

AUTO-EXAME, SANTIFICAÇÃO E CONVICÇÃO

Um dos deveres mais negligenciados da vida crista é a pratica devocional do autoexame. Parece-nos, muitas vezes, que Deus coloca os crentes em dificuldade, levando-os a praticarem algo que a livre vontade do homem nunca admitiria. Deus através Bíblia nos impulsiona a fazer uma autoanálise. Embora essa prática pareça ser penosa, somos através dela levados a enxergar e a atender à necessidade urgente de constantemente nos recolher do convívio com nossos semelhantes a fim de meditarmos analiticamente (ou seja, criteriosamente sob o impulso do Espírito) sobre o estado do nosso coração em relação a Deus e aos homens. Podemos dizer, assim, que o autoexame é um caminho pelo qual todos os filhos de Deus devem andar, e que nele, só o Senhor pode acompanha-los (DENHAM SMITH).
Há muitos meios pelos quais podemos diagnosticar nossas falhas em relação ao nosso crescimento espiritual. Através do autoexame sob a direção do Espírito Santo somos capazes de encontrar ações e pensamentos errôneos que acabaram passando despercebidos por nós. Outro meio que o autoexame proporciona é de sabermos se estamos avançando em santidade, pelo Espírito santificante, ou não. A experiência humana restaurada por Deus nos ensina que viver em crescimento ou não, são duas coisas das quais não podemos fugir.
Quando nós meditamos um pouco acerca do tempo em que vivemos, percebemos que vivemos na era da incerteza, do vazio e do efêmero (GILLES LIPOVETSKY) crescente por parte dos homens. Na esfera cristã, lamentamos em observar o relativismo moral permeando as comunidades em geral, resultando na terrível constatação de pessoas que não sabem mais no que crer e para que crer. De outro lado, porém com alegria, encontramos uma vertente cristã chamada de Anabatistas dos quais consideramos seus sucessores. Para eles convicção e paixão pelas Escrituras bem como por Jesus Cristo, são características elementares do verdadeiro cristianismo. Convicção inabalável, portanto, constitui-se em uma virtude pela qual nos esforçamos para ser evidenciada em nós. Sabemos que se há ausência de certezas ou convicções, isso advém do triste fato de não estarmos progredindo na santificação.
Quando estamos crescendo em santificação diária, em plena comunhão com os oráculos de Deus a verdade se revela para nos de maneira mais fluente. Na santificação a verdade se torna mais clara, bela e atrativa. Diante disso, viver em pureza significa experimentar essas realidades espirituais. Na lógica dos fatos, o contrário destas coisas é estarmos desalinhados da vontade de Deus, e a vontade de Deus é que todos aqueles pelos quais ele resgatou, vivam em pleno aperfeiçoamento, em crescente santidade.
Poderíamos ilustrar como um exemplo de vida santa, o uso que fazemos dos sentidos. Nossos pés pisarão aonde nossos olhos nos conduzir. Nossas mãos farão aquilo pelo qual nosso coração se eleva a agir. Na Bíblia, por exemplo, nossos pés são os meios pelos quais corremos a carreira da fé (Hebreus 12.1 e 2). Os nossos olhos dizem os sábios, são como janelas para nossa alma, e manifesta nas intenções e prioridades aquilo que cultivamos no coração. Concluindo a presente ilustração, as mãos serão ferramentas de trabalho corretamente na obra do Senhor, quando nosso ser (eu interior) estiver todo alinhado, ou seja, em conformidade com a vontade de nosso Senhor. Conforme disse Phillips Brooks “Nossa tarefa é estar sempre no centro da vontade Deus, e ter o privilégio indizível de realizar uma parte do seu trabalho nesses poucos anos que temos sobre a terra. ”
Doravante, para concluirmos, vamos então nos lembrar do altar do Senhor. Expressão esta que no passado era a solução para todas as confusões, conflitos, problemas na família ou em todas as esferas de relacionamentos. Inspiramo-nos nisso pois nessa época era levando tudo aos pés do Senhor que em meios a prantos e choros por más escolhas, os crentes em Jesus encontravam alento, graça e misericórdia da parte do Senhor. Retornemos a utilizar, portanto, do autoexame. Voltemos a ler a Santa Palavra do Senhor meio através da qual a nossa convicção se torna mais firme, e façamos tudo isso inflamados pelo amor de Deus estar em nos. Quando fazermos uso correto do autoexame, corramos depressa aos pés de Jesus porque lá, o altar do Senhor, será sempre a solução.
São essas algumas considerações sobre certeza, santificação e renovação espiritual que compartilho com meus irmãos em Cristo Jesus. Que Deus nosso Pai possa abençoa-los ricamente no seu Filho, o Senhor Jesus, e através do seu Espirito pelo qual estamos selados e constantemente trabalhados a fim de completamente podados na sua soberana vontade entrarmos na gloria com os portais celestes escancarados.

Heberth Ventura

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Livro "500 anos de Protestantismo" do prof. Ivanildo Mendes do IPC

Ivanildo Mendes, professor de História Eclesiástica do Instituto Pietista de Cultura, lançará em breve o livro “500 Anos de protestantismo – uma breve História da Reforma”, com o apoio do INTESI. O lançamento será em Teresina-PI. O prefácio foi feito pelo pastor e professor Glauco Barreira Magalhães Filho, também do IPC.
Este livro constitui-se no primeiro trabalho de Ivanildo Mendes que está muito empolgado com o convite que lhe foi feito para desenvolver uma abordagem sobre esse tema tão importante para a História do Cristianismo e para o meio acadêmico.

Ivanildo Mendes, ainda, palestrará no dia 02/06/17, na abertura da mostra dos 500 anos da Reforma, no teatro 4 de setembro, promovido pelo INTESI (Instituto de Estudos Independentes).

sábado, 20 de maio de 2017

Palestra sobre Design Inteligente

Como ato de preparação para o grande evento que se aproxima na capital cearense, o Pastor e Prof. Dr. Glauco Barreira M. Filho palestrou nesta última quinta-feira, no Sibima, abordando o tema do Design Inteligente. Com grande versatilidade e causando grande alvoroço nos grupos evolucionistas, o pastor Glauco mistura teologia e ciência, provocando uma consciente e convincente elucidação para o aspecto fundador do cosmo, desde os elementos mais simples até os mais complexos, qual seja: uma mente superior e inigualável cujo trabalho criador moldou todas as coisas segundo seu querer e dentro de determinados propósitos.


Recentemente, no início de maio/17, o pastor Glauco participou de um encontro em São Paulo cujo objetivo era/é firmar um marco no contexto evangélico brasileiro moderno sobre o tema, possibilitando uma apresentação de uma lógica científica para explicar a criação. A convite de um dos organizadores do TDI Brasil (Sociedade Brasileira do Design Inteligente), o prof. Dr. Marcos N. Eberlin, o pastor Glauco conheceu muitos outros professores e profissionais das áreas de medicina, biologia, química, entre outras afins, estreitando laços e conhecendo melhor o ambiente que se forma dentro da perspectiva do Desing. Além dos vínculos fraternais criados, uma boa notícia para os amantes do criacionismo bíblico é que o pastor Glauco em parceria com a TDI promoverá no final deste ano um evento de elevado grau do conhecimento científico e de aprofundamento do tema em Fortaleza. Um dos palestrantes, o Prof. Dr. Marcos Eberlin é conhecido internacionalmente com suas pesquisas e argumentações provocantes e lúcidas. É um evento que ninguém de boa fé deverá perder. Em breve, estaremos divulgando maiores detalhes.
 

quinta-feira, 18 de maio de 2017

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Pregação no coreto da praça - VI Cruzada de Jaicós-PI

O Culto no coreto da praça e o evangelismo na feira findam o evento como um todo. É a última ação evangelizadora desta proporção do ano, pois somente no próximo a CEM e os Evangelistas, juntamente com o “batalhão” dos jovens evangelizadores e ganhadores de almas, retornarão.
Há uma preocupação com a potência do som para que mais pessoas ouçam a mensagem do Evangelho e possam ter a oportunidade de abraçar a fé. Os irmãos que se dispõem a pregar ali se dedicam sempre em consagração e na preparação da mensagem, visando esclarecer as verdades do Evangelho. Neste último, o irmão Denilson fez jus ao posto que muitos já passaram com a mesma intenção e santa devoção.
Oremos por todos os que tiveram oportunidades de conversão.









Pregação ao ar livre na VI Cruzada de Jaicós-PI

As atividades da Cruzada em Jaicós são muito intensas devido ao tempo limitado que se tem para a realização da obra de Deus. Na segunda (01/05), dia do retorno, acordou-se muito cedo para a pregação no coreto da praça central, ao lado da igreja católica da cidade. Enquanto os irmãos preparavam o som, outros jovens valorosos não perderam tempo, subiram os degraus da escadaria da igreja e como trovadores anunciaram a mensagem que liberta com voz imponente e firme.
Apesar da crítica de alguns transeuntes de fé católica sobre o ato em local público, os irmãos pregaram “debaixo das barbas do padre” com o simples fim de levarem a genuína mensagem evangélica a todos os que ali estavam.
Ao ouvir a pregação daqueles jovens, podemos dizer que eles conseguiram atingir um padrão espiritual muito elevado, com a graça e unção de Deus. Suas vozes ecoavam, fazendo com que fossem ouvidos bem além daquele patamar elevado. Assim, a semente foi lançada para cair em corações sedentos.





Evangelismo pessoal da VI Cruzada de Jaicós-PI

No evangelismo pessoal para a VI Cruzada de Jaicós, muitas pessoas aceitaram a Cristo como Salvador e Senhor, demonstrando que a simples mensagem corpo a corpo surte o efeito predito pelas Escrituras.
Os convertidos e os não convertidos ouviram a mensagem do Evangelho através dos jovens da IBRM que têm se levantado com grande ousadia para pregação. São jovens dos quais a Igreja sente imensa satisfação de tê-los em seu seio, porquanto representam o vigor e a coragem que sempre marcou a história de Moriá. Não podemos dizer que a ousadia é sinônima de masculinidade, pois vemos jovens do sexo masculino e do sexo feminino indo em busca das almas perdidas com igual intensidade, sendo fervorosos em suas falas e entusiastas para verem os resultados do seu trabalho.
Nesta cruzada não tivemos como registrar todas as conversões, mas uma em especial colocamos em destaque, não por ser a única que conseguimos fotografar, mas pelo fato de demonstrar muito bem o sentimento dos jovens na ânsia pela salvação de pecadores.

Uma senhora, quando passava por duas jovens de coração inflamado, foi logo interceptada para ouvir a mensagem da Cruz. Ali se percebia a orientação do Espírito Santo para as duas irmãzinhas falarem do amor de Deus para aquela senhora. Não demorou muito para que ela confessasse a Cristo e logo as irmãs começassem a oração intercessória. Vimos aquela mulher chorar contrita enquanto ainda oravam por ela...


Trabalho de crianças na VI Cruzada de Jaicós-PI

Para quem julga que cruzada visa apenas à conversão de adultos, as crianças que compareceram ao local tiveram acesso à pregação do Evangelho também, sendo instruídas pelas professoras de crianças da IBRM nos dois dias do evento.
Essas professoras são frutos de escolas dominicais realizadas em suas congregações de origem. Dedicaram tanto apreço e atenção ao que foi obtido no passado que hoje não medem esforços para reproduzir o aprendizado de forma viva e eficaz, testemunhando com sua própria vida os valores adquiridos ao longo do processo educativo cristão de forma dinâmica e lúdica, sem perder a seriedade da mensagem.

Mérito para as crianças de Jaicós que tiveram essa rica experiência de aprender com aquelas que já estiveram no seu lugar. Deus abençoe as professoras e as crianças.



VI Cruzada em Jaicós-PI

Em mais uma campanha evangelística de grande impacto na cidade de Jaicós-PI, a CEM (Comissão Executiva de Missões), juntamente com os evangelistas da IBRM, viram almas sendo salvas através das pregações de jovens valorosos que se dispuseram a ir além de sua fronteira para cumprirem o ide de Cristo.
Como estratégia evangelística, a CEM organiza suas cruzadas anuais em finais de semana com feriado na segunda-feira, dia em que há uma grande feira na cidade, atraindo uma multidão de diversos pontos da localidade, oportunizando a divulgação do Evangelho mais amplamente. O final de semana escolhido foi o que teve o feriado de 1° de maio, quando realizaram a Cruzada, evangelismos pessoais, cultos ao ar livre, para descrentes, e escola dominical, batismo, ceia do Senhor, reuniões com a liderança da congregação, para os irmãos da congregação local.
A congregação da IBRM de Jaicós-PI não poupou esforços para organizar bem a VI Cruzada consecutiva no lugar. A organização encabeçada pelo líder, o irmão Linduardo, e pelo irmão Leylene conseguiu proporcionar uma excelente estrutura para a pregação do Evangelho com palanque, iluminação, som e filmagens adequadas para o evento. Os cultos da cruzada ocorreram nos dias 29 e 30/04, sempre a partir das 19h. Os pregadores foram o Evangelista André Elias e o Pastor Heládio Santos. Ambos se esforçaram com grande ânimo e unção em suas pregações, na tentativa de serem instrumentos de Deus para convencimento de estado espiritual no qual se encontram os pecadores. O público contabilizado chegou a quase 200 (duzentas) pessoas por noite. Foram noites tremendas nas quais também se destacaram o grupo de louvores com jovens talentosos das congregações de Moriá em Fortaleza, uma grande promessa espiritual da Igreja.
Veja algumas fotos dos cultos da Cruzada: