O Jornal Tocha da Verdade é um periódico trimestral independente que tem como objetivo resgatar os princípios cristãos em toda sua plenitude. Com artigos escritos por pastores, professores de algumas áreas do saber e por estudiosos da teologia buscamos despertar a comunidade cristã-evangélica para a pureza das Escrituras. Incentivamos a prática e a ética cristã em vistas do aperfeiçoamento da Igreja de Cristo como noiva imaculada. Prezamos pela simplicidade do Evangelho e pelo não conformismo com a mundanização e a secularização do Cristianismo pós-moderno em fase de decadência espiritual.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

ESTATUTO DA FAMÍLIA CRISTÃ - URGENTE



Caros visitantes,
                Está ocorrendo uma consulta pública sobre o estatuto da família que trata do conceito de família tradicional promovida pela Câmara Legislativa Federal. Na consulta é perguntado se você concorda com a forma de família constituída por HOMEM e MULHER. O que os deputados pretendem é saber se o povo brasileiro mantém sua visão constitucional sobre o assunto. Porém, essa consulta vem sofrendo uma manipulação negativa nos dados como forma de desabonar seus objetivos. Devido às investidas constantes de movimentos contrários ao conceito tradicional, partidários tentam incutir outra visão da instituição familiar, uma ideológica, como se fosse racional e normal, constituindo um novo formato dentro dos seus interesses e estão se mobilizando para votar contra o estatuto. O que ninguém percebe é que essa ideologia é impositiva e restritiva. Pretendem conquistar seu espaço invadindo o de outros, no caso, de nós que temos uma família dentro do padrão tradicional.
                Gostaríamos de convocar você que defende os ideais da família cristã a votar URGENTEMENTE no SIM e repassar essa informação para seus conhecidos por e-mail, facebook, blogs e outros meios de comunicação para fazerem o mesmo.
                Nossa preocupação nessa questão é devido à intensa votação pelo NÃO ocorrida nestes dois últimos dias. Muitos estão votando demasiadamente (há uma intensa movimentação de votos não durante o dia, basta acompanhar um pouco a votação atualizando pelo F5). Presumivelmente, alguns mal intencionados estão apagando o histórico do próprio navegador para votarem mais de uma vez, pois houve uma mudança no percentual em menos de dois dias, enquanto que nos dias anteriores o percentual não apresentava muita expressividade: algo em torno de 20% (vinte por cento) dos votos SIM, ou seja, bem abaixo desta opção. Quem tem noção de informática sabe que apagar o histórico é uma prática possível e acessível já que o site da Câmara, pelos vistos, não faz uma verificação do IP da máquina, mas do histórico registrado no navegador utilizado para acesso à Internet. Imagine 20 pessoas fazendo isto ao mesmo tempo? Elas poderiam votar, aproximadamente, 4 vezes por minuto, elevando o número de nãos para 80 nesse intervalo de tempo. Se fizerem isso durante 6 (seis) horas, esse número cresce para 28.800 votos não, interferindo diretamente nos percentuais da enquete. Estive contabilizando os números de ontem para hoje e veja o que pudemos detectar:
OPÇÃO
ONTEM às 11h28
23/10/14
HOJE às 18h57
24/10/14
QT. De VOTOS
REPRESENTATIVIDADE
SIM
1.324.035
1.327.775
3.740
De 52,35% para 51,4%
NÃO
1.199.410
1.247.708
48.298
De 47,15 para 48,3%

O problema dessa situação é a falsificação da opinião pública, como estamos tão acostumados a ver em alguns institutos de pesquisas, principalmente neste momento político. Realiza-se uma pesquisa por amostragem constatando determinado dado, mas na hora da votação e contabilização das urnas esses números são bem diferentes. Portanto, se há pessoas que votam repetidas vezes, manobrando o percentual, vale lembra-las que este é um problema moral. Virtude social em decadência, infelizmente. Essas pessoas reclamam da ética, mas não são éticas. Reclamam da corrupção, mas são corruptas. Reclamam que existe intolerância para com elas, mas não respeitam os direitos dos outros e são mais intolerantes do que seus supostos agressores. Imaginem se essas pessoas chegam ao poder! Já ouvi comentários de seus partidários enfatizando que todo cristão é preconceituoso. O que é isso senão uma manobra para tentar demonizar o Cristianismo e instaurar, num futuro não tão distante, um advento contrário à fé cristã que confessamos. Vamos nos mobilizar, mobilizar nossas famílias, nossas Igrejas conclamando todos a votarem de forma honesta e verdadeira. Como cristãos que somos, façamos como disse Josué: “Eu e minha casa serviremos ao Senhor”. 

acesse o link:

http://www2.camara.leg.br/agencia-app/votarEnquete/enquete/101CE64E-8EC3-436C-BB4A-457EBC94DF4E

VEJA QUAL OPINIÃO DE GRUPO LGBT SOBRE OS EVANGÉLICOS:

Estatuto da Família de deputado evangélico quer limitar conceito de família. Vote contra!

sexta-feira, 11 de julho de 2014


Em mais um ataque à democracia e à inclusão social, o pastor-deputado Anderson Ferreira (PR-PE) elaborou projeto de lei que cria o Estatuto da Família, sob a desculpa esfarrapada de valorização da família e de enfrentamento das questões complexas no mundo contemporâneo. Na verdade, o famigerado Estatuto visa restringir o conceito de família a núcleo formado “a partir da união entre homem e mulher”, excluindo as famílias formadas por casais de mesmo sexo e outras configurações (ver no vídeo abaixo todas as famílias excluídas). 
Vote contra mais essa aberração autoritária evangélica na enquete do Portal da Câmara. Mais informações e link para o projeto no texto abaixo da 'Agência Câmara Notícias'.

Fonte: http://www.umoutroolhar.com.br/2014/07/estatuto-da-familia-de-deputado.html Acesso em 24 out 2014.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Criminalização da homofobia - Damares Alves


É um absurdo o que está acontecendo no Brasil. Assista a palestra e veja o dano moral que estão querendo impor com as diretrizes e metas do movimento LGBT.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

sábado, 11 de outubro de 2014

Estatuto da Família - URGENTE

Queridos amigos,

É possível que você já tenha sido informado desta enquete sobre a definição da família que a Câmara dos deputados está realizando. Eu tenho acompanhado semanalmente o resultado e estou hoje muito preocupado com os números. Depois dos recentes debates dos candidatos a presidente os números na enquete estão subindo em apoio ao "NÃO". Isso, obviamente, se deve aos movimentos gays e simpatizantes, que de alguma forma reagiram. Segue no quadro abaixo a evolução dos números nas últimas semanas:



29 agosto
5 setembro
12 setembro
19 setembro
26 setembro
3 outubro
10 outubro
Neste momento
Sim
56,85%
56,78%
54,99%
55,01%
56,66%
55,08%
52,19%
51,84%
Não
42,82%
42,89%
44,69%
46,67%
43,01%
44,61%
47,51%
47,84%
Sem opinião
0,33%
0,33%
0,32%
0,32%
0,33%
0,32%
0,3%
0,3%

Eu estou assustado como os números estão mudando em questão de minutos. Estou supondo que esta enquete possa ser encerrada por estes dias e os grupos gays estão se mobilizando em massa para dar um resultado falso em relação ao pensamento da maioria do povo brasileiro. Sugiro que você faça o esforço de repassar a todos os seus contatos, pois o resultado desta pesquisa poderá ser usado como argumento a favor de leis que pretender desconstruir a família.

Sugiro também que você se cadastre para acompanhar a evolução semanal dos resultados. Abaixo do quadro dos números está a opção "cadastrar para acompanhamento".

Grato,

Carlos Alberto Cardoso


***********************************

Enquete:

"Você concorda com a definição de família como núcleo formado a partir da união entre homem e mulher, prevista no projeto que cria o Estatuto da Família? "

Os LGBT's estão votando NÃO em massa e podem dar um resultado falso em relação à ampla maioria do povo brasileiro. 
Eu votei SIM, vote também. E divulguem o máximo que puderem

http://www2.camara.leg.br/agencia-app/votarEnquete/enquete/101CE64E-8EC3-436C-BB4A-457EBC94DF4E

Votem no SIM!!


REPASSEM para os contatos, precisamos votar no SIM!!
Isso é muito importante nosso futuro depende disso, nao podemos perder! Repassem pro máximo de Cristãos q puder!

--
Forte abraço,
Suzana Bispo

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

O prenúncio do fim



A propósito dos fatos e das ocorrências dos últimos dias no Brasil e no mundo sobre questões sociais, de saúde, políticas, econômicas, religiosas e outras que envolvem a sociedade, identificamo-las preditas nas Escrituras, considerando e refletindo, também, os efeitos delas decorrentes. A desordem natural e social, demonstrada em cada caso, é aquilo que nos chama maior atenção. Acima de qualquer outra coisa são resultantes da intervenção do homem na promoção de um mundo dedicado à humanidade, sem a referência maior de sua existência: Deus. Na verdade, toda produção humana (tanto no campo das ações como no das teorias científicas) tem se tornado uma grande afronta a Deus, porquanto é determinante na exaltação do homem. Porém, devido à displicência arrogante desse homem, tem-se esquecido ou menosprezado tudo quanto Jesus alertou sobre o fim dos tempos: E Jesus, respondendo, disse-lhes: acautelai-vos, que ninguém vos engane; porque muitos virão em meu nome, dizendo: eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas estas coisas são o princípio de dores (Mt 24:4-8).
ebola
Guerras vêm ocorrendo com maior frequência (Irã, Afeganistão, faixa de Gaza, Bósnia, Síria). O meio ambiente vem sendo impactado por ações irresponsáveis (desmatamentos, mineração com utilização de substâncias tóxicas contaminando hectares de terras e rios, poluição do ar e dos rios por grandes indústrias). Secas em São Paulo (estado do sudeste que nunca vivenciou tamanha seca) privando a população de um dos bens mais preciosos para a vida. Epidemias têm contaminado irrestritamente (AIDS, DSTs, cólera, H1N1, ebola, chikungunya). Países estão sofrendo terríveis crises econômicas, restringindo o emprego[1], ocasionando o desespero. A desconstrução da moral agrupa os mais distintos sujeitos que acham não haver necessidade de disciplina na vida (inverteram a ordem de pensá-la racionalmente para adotarem uma que se norteia pelos prazeres sensuais e hedonistas). A ânsia pelo poder em evidência apresentando homens como salvadores e revelando a iminente chegada do anticristo para solucionar todos os problemas globais são objetivamente os fatos relevantes. Mas, quem faz a guerra? Quem tem criado armas biológicas cuja intenção é a destruição em massa de uma população? Quem determina aumentos de taxas e de cotações das moedas? Quem é o eleitor e quem é o candidato? Para todas essas questões, a resposta é uma só: o homem.
O ávido desejo de poder fica clarificado nas palavras de Platão, a seguir, que bradam em som supostamente harmônico no íntimo do homem, fazendo-o alardear: “Tomemos o governo da vida e remodelemo-lo”. Essa atitude, também identificada na cultura pós-diluviana dos descendentes de Noé, quando idealizaram construir e erigir um monumento à grandeza do homem: uma torre capaz lhes proteger de um novo dilúvio, mesmo Deus tendo negado mandar nova destruição por águas, demonstra credulidade exclusivamente na potencialidade humana. No entanto, nesse fato há uma provocação e desconfiança da fala divina. Por essa razão, Deus resolveu dispersar aquela comunidade, confundindo-lhes as línguas. O nome babel, fruto da desordem estabelecida, evidencia a realidade espiritual daquele homem. Ele estava completamente perdido entre os seus, por mais que os identificasse não conseguia se comunicar com os demais. O fato revelou, então, a condição espiritual babélica desse homem.
Diante de tantas evidências de que estamos no tempo do fim, é possível, ainda, duvidar das provas bíblicas na qual Deus cumprirá com suas determinações apocalípticas? Hoje o Senhor chama o homem para arrependimento, mas amanhã para julgamento. Jesus deu mais uma oportunidade para livrar o homem da condenação vindoura e ensinou que nos dias que antecederiam sua vinda, os tempos seriam como nos dias de Noé (Mt 24:37-39). Atente para este fato: abrace a fé cristã ou santifique-se ao Senhor.


[1]Estima-se que o número de desempregados registrado pela União Europeia chegue a 26,5 milhões, sendo Grécia, Espanha e Portugal os países onde se verificam as maiores taxas. (fonte: http://www.jcom.com.br/noticia/145190/Uniao_Europeia_tem_265_milhoes_de_desempregados).

domingo, 5 de outubro de 2014

Pregação do Pr Glauco Barreira Magalhaes Filho (ORMECE) a candidatos sobre o pecado e a corrupção moral.


Em evento realizado por candidatos ao governo do Estado do Ceará, o pastor Glauco Barreira Magalhães Filho foi convidado pela ORMECE (Ordem dos ministros evangélicos de Ceará) para pregar. Sem pretensões de favorecimento político e sem o menor interesse em apoiar candidaturas falou das verdades do Evangelho. Anunciou a Sã Doutrina sem embaraços, falando dos problemas morais que assolam o mundo e o Brasil neste momento tenebroso. Apesar do papel da Igreja não ser de uma militância política, deverá ela pregar de forma ininterrupta as boas novas, inclusive para os governantes. Essa pregação tem o poder de transformar o indivíduo e um coletivo de pessoas porque fala das necessidades espirituais do homem. Assista a pregação:

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Grande clamor Batista

O objetivo é mobilizar o povo Batista para orar pelo Brasil; reunir os pastores e líderes Batistas para orar pela unidade e pela transformação da nossa nação. As bases da campanha se fundamentam no entendimento de que todo nós queremos um Brasil transformado pelo poder do Evangelho. A campanha será desenvolvida através de várias atividades nas igrejas, nos lares escolas e locais de trabalho e ações como: Lançamento da Campanha com 12 horas de jejum e oração (28/09); Semana de Oração – pequenos grupos (de 29/09 a 04/10); Minuto de Oração (todos os dias); líderes em oração (02/10); vigília de oração pelo Brasil (03/10) e culto de encerramento - Clamor pelo Brasil (05/10). (fonte: http://www.campanhamultiplique.com/#!clamor-pela-nao/c1xgy)

Que Deus possa levantar todas as Igrejas evangélicas para um grande clamor, uma grande súplica, um grande ato de consagração e petição a Deus para que nossa nação seja sacudida pela graça e favor divinos. Que Deus possa levantar homens sérios, de reputação e de espiritualidade, para congregar a multidão de salvos deste Brasil. Que muitos possam deixar as mazelas de lado para serem arautos do Deus vivo num mundo quase morto. Aviva Senhor a tua obra!!!