O Jornal Tocha da Verdade é um periódico trimestral independente que tem como objetivo resgatar os princípios cristãos em toda sua plenitude. Com artigos escritos por pastores, professores de algumas áreas do saber e por estudiosos da teologia buscamos despertar a comunidade cristã-evangélica para a pureza das Escrituras. Incentivamos a prática e a ética cristã em vistas do aperfeiçoamento da Igreja de Cristo como noiva imaculada. Prezamos pela simplicidade do Evangelho e pelo não conformismo com a mundanização e a secularização do Cristianismo pós-moderno em fase de decadência espiritual.

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Livro sobre o movimento Montanista vendido em site pentecostal

O livro “Montanismo e os profetas catafrigas: uma análise contra-hegemônica do movimento Montanista”, agora, pode ser adquiro pelo site Teologia Carismática. Acesse e adquira logo seu exemplar:

http://teologiacarismatica.com.br/livro/montanismo-e-os-profetas-catafrigas/


“A presente obra propõe uma compreensão da dimensão cristã do Montanismo, movimento originado na metade do segundo século nas regiões da Frígia. Partindo da obra de Eusébio de Cesaréia, a História Eclesiástica, inúmeras informações sobre o assunto foram resgatadas trazendo à lume os pontos mais importantes descritos nos anais históricos. Esses pontos importantes não são só aqueles de natureza originária, mas também aqueles que designavam o movimento como uma heresia da época. Foram assim denominados devido às supostas práticas excessivas e reacionárias no meio da cristandade em caminhos de institucionalização. Com isso, fizeram emergir um grande debate entre os dois polos: de um lado a igreja tradicional, que estava em franca decadência moral e doutrinária, e do outro o movimento o movimento emergente dentro dessa igreja tradicional que insistia em retornar às raízes do autêntico Cristianismo à base de profecias e manifestações espirituais.

Adquira, leia e conheça bem um dos movimentos mais incompreendidos da História da Igreja cristã. 

De todas as tribos, povos e raças, muitos virão te louvar...

No último culto de doutrina, esteve presente no templo da Igreja Batista Renovada Moriá, em Fortaleza-CE, a irmã Uriel Mendes, americana e membro da Pentecostal Church nos Estados Unidos. Apesar de não falar português, elevou a Igreja em louvor e adoração quando interpretou uma canção/hino em inglês sozinha e depois em parceria com o irmão Fabiano, cunhado de Uriel. Uriel participa do coral de sua Igreja e também tem participações solo, como vimos naquela noite abençoada. O estilo musical americano, bem como uma voz que em muito se equipara à música negra, por sinal, muito apreciada pelo vigor e grande disposição com a qual expressa seu sentimento, contagiou a multidão congregada na noite. Foi uma noite deslumbrante que marcou aquele dia. A novidade da visita e a surpresa de sabermos que ela cantava tão bem foram alguns dos elementos que nos trouxeram grande alento e contentamento.
No final do culto, muitos irmãos foram ao seu encontro para conversarem com ela e expressar a gratidão a Deus pela sua presença e de seu esposo, Stêlio Mendes, que foi membro da IBRM há alguns anos. Mesmo sem fluência em inglês, muitos conseguiram trocar algumas palavras e estabelecer um vínculo de comunhão para que a mesma se sentisse em um ambiente bastante receptivo.

Abaixo o vídeo gravado de um smartphone que registrou um dos momentos de louvor:


quinta-feira, 16 de junho de 2016

Doonby EM EXIBIÇÃO


EM EXIBIÇÃO NO Cinépolis - RIO MAR:
Semana: 19h30
Sábado e Domingo: 14h00 e 19h30
Censura: 14 anos
Sala: 10


Sinopse
Sam Doonby (John Schneider) é um homem solitário que, em uma de suas viagens, resolve se estabelecer numa pequena cidade do Texas. Lá, ele consegue um emprego no único bar da cidade, chamando a atenção dos habitantes por ser um estranho forasteiro. Mas ao realizar alguns atos de heroísmo no local, ele chama a atenção de um antigo conhecido, que desperta fantasma do seu passado.

Elenco
John Schneider, Ernie Hudson, Robert Davi

Roteiro
Peter Mackenzie

Produção
Peter Mackenzie

Direção
Peter Mackenzie 

domingo, 12 de junho de 2016

"A Cruz e o Punhal" é exibido na Capela da IBRM em Maracanaú


Em mais uma iniciativa evangelística da Igreja Batista Renovada Moriá-Maracanaú, muitos jovens daquele município foram convidados para assistir à clássica produção cinematográfica evangélica “A Cruz e o Punhal” (filme antigo de grande impacto pela mensagem cristã que traz cujos protagonistas pastor David Wilkerson e Nick Cruz foram representados de forma íntegra, demonstrando o poder persuasivo do Espírito Santo para transformação dos mais vis pecadores). A abordagem do filme gira em torno do conflito entre gangues, drogas, preconceito racial, evangelização de drogados e visão evangelizadora-social. O Exército de Salvação da IBRM esteve presente e realizou um grande evangelismo nas ruas ao redor, convidando pessoas nas suas casas e transeuntes para a programação. Veja algumas fotos deste evento:

momento antes da exibição

exibição do filme

Filme em exibição

Todos atentos ao enredo do filme

Oficiais e soldados do grupo de evangelização (IBRM)

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Todos Têm o Direito de Viver

Você já pensou como seria a Física, a Matemática e as Artes se Isaac Newton e Da Vinci não tivessem existido? Como seria a psicologia sem os estudos de Freud? E a vida da sua família… como seria se você não existisse?


Esses são alguns dos questionamentos que podemos fazer após assistir o filme “Doonby – Um filme que defende a vida”. O thriller psicológico do diretor Peter Mackenzie traz à tona um tema bastante atual e em constante discussão no mundo todo: o aborto. O filme narra a história de Sam Doonby, um misterioso homem que aparece em uma pequena cidade do Texas para evitar terríveis desgraças, e oferece como trama de fundo um profundo questionamento sobre tudo o que pode ser perdido com a interrupção de uma vida.

O material está sendo lançado este ano no Brasil. Com pré-estreia em 6 capitais brasileiras (Brasília, Fortaleza, Goiânia, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo) e quem traz a produção para capital cearense é a Luz Filmes e o Movimento Em Favor da Vida e Não Violência, o Movida.
Para Fernando Lobo, integrante do Movida e idealizador da marcha pela vida, o filme é de grande importância, principalmente, nos dias de hoje. “O filme traz uma mensagem de valorização da vida. Atualmente, se tenta impor a condição do aborto através de várias linguagens e a sociedade passa a interpretar isso como uma coisa natural. Por isso é imprescindível que as pessoas abram os olhos para isso”, destacou.
Fernando Lobo ressalta ainda que a produção é uma maneira de ajudar a refletir sobre o valor da vida. “Sempre se quis colocar essa questão (aborto) de uma forma disfarçada principalmente através da linguagem. Então as pessoas tem que estar muito atentas. A gente tem que discutir sempre essa realidade, defender a vida e nunca a morte. E esclarecer de forma transparente para que o povo não deixe se enganar”, alertou.
Em Fortaleza, a pré-estreia acontece no dia 16 de junho e contará com a presença do diretor do filme, Peter Mackenzie. Completam o elenco de Doonby atores como Jenn Gotzon, Ernie Hudson, Robert David e Joe Estevez.
texto extraído de: http://blog.opovo.com.br/ancoradouro/filme-doonby-chega-a-fortaleza/

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Cartilha contra a ideologia de gênero

“Uma cartilha distribuída pelo vereador Samuel Pereira (PR), de Uberaba, no Triângulo Mineiro, está causando  embate de opiniões e levantando muita polêmica na cidade. O parlamentar, depois de ter um projeto de sua autoria aprovado na Câmara Municipal, está entregando 5 mil cartilhas dizendo que em Uberaba é proibido aplicar a ideologia de gênero nas escolas.
“Quem ensina a criança sobre a orientação sexual e sobre o desenvolvimento dos filhos são os pais. A ideologia de gênero aplicada nas escolas denigre a família. A maioria dos professores, inclusive, não quer fazer essa aplicação em sala”, afirma o vereador Samuel Pereira. Ele conta que fez as cartilhas por conta própria e não está distribuindo nas escolas, mas sim para pais e mães que têm solicitado e também em algumas igrejas.






Caso você não queira que seu filho seja submetido ao ensino da ideologia de gênero, preencha o documento que está sendo divulgado pelo Procurador da República Guilherme Schelb, divulgado através do site: http://ipco.org.br/ipco/quer-proteger-seu-filho-contra-a-ideologia-de-genero/#.V1WMizUrK1s