O Jornal Tocha da Verdade é um periódico trimestral independente que tem como objetivo resgatar os princípios cristãos em toda sua plenitude. Com artigos escritos por pastores, professores de algumas áreas do saber e por estudiosos da teologia buscamos despertar a comunidade cristã-evangélica para a pureza das Escrituras. Incentivamos a prática e a ética cristã em vistas do aperfeiçoamento da Igreja de Cristo como noiva imaculada. Prezamos pela simplicidade do Evangelho e pelo não conformismo com a mundanização e a secularização do Cristianismo pós-moderno em fase de decadência espiritual.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Billy Graham, o pregador incansável


Já faz alguns meses, talvez anos, que ouvi más notícias sobre o estado de saúde de Billy Graham. Ele estava sofrendo de mal de Parkinson. Estava, inclusive, impossibilitado e muito debilitado. Fiquei pensativo... Aqui e acolá procurava saber como andavam as coisas, mas tudo parecia está do mesmo jeito. Recebi e-mails de sua fundação na qual sou cadastrado e em uma das mensagens ficou evidente que o trajeto deste homem de Deus estava chegando ao fim. Era um pedido de oração muito emocionado de Franklin Graham, filho de Billy, em favor do pai. Orei e esperei confiando em Cristo, na sua vontade; na verdade, acreditando que o Senhor tomaria seu servo para si. O tempo passou e não tive notícias sobre seu estado. Hoje, procurando notícias deste grande evangelista deparei-me com este vídeo. Nele podemos ver um Billy Graham lúcido, naquela época, bem disposto para fazer aquilo que sempre fez: pregar o santo Evangelho. Com sua mensagem simples, mas poderosa, continua levando a mensagem da cruz.



No período que foi exibido este vídeo (dez/2013) foi divulgado que o reverendo Billy Graham estava perto de morrer, e não iria demorar muito até que isso ocorresse devido à avançada idade. "Para casa para estar com o Senhor", foi o que disse seu neto, Will Graham, naquela semana.
"Eu gostaria que [Deus] lhe desse forças, mas eu não acho que ele precisa de mais força", disse Graham, ao site de notícias cristã, Assist News Service. "É hora de ir para casa."
http://www.washingtontimes.com/news/2013/dec/13/billy-graham-near-death-close-going-home-be-lord/
O engraçado é que nossas conclusões foram frustradas pelo propósito divino (que bom!). Apesar de essa semana terem divulgado sua morte, ele continua vivo e bem em sua morada. Mas, o que mais me impressionou no vídeo acima foi sua expressão notória de querer acima de qualquer outra coisa pregar o Evangelho. De sua casa nas montanhas americanas, isolado e quase sem contato com o mundo, pregou e irá alcançar ainda a muitos. Que exemplo de vida!



Nenhum comentário:

Postar um comentário