O Jornal Tocha da Verdade é uma publicação independente que tem como objetivo resgatar os princípios cristãos em toda sua plenitude. Com artigos escritos por pastores, professores de algumas áreas do saber e por estudiosos da teologia buscamos despertar a comunidade cristã-evangélica para a pureza das Escrituras. Incentivamos a prática e a ética cristã em vistas do aperfeiçoamento da Igreja de Cristo como noiva imaculada. Prezamos pela simplicidade do Evangelho e pelo não conformismo com a mundanização e a secularização do Cristianismo pós-moderno em fase de decadência espiritual.

c

c

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Uma reflexão sobre o estudo da História da Igreja


Por Heberth Ventura

Há pessoas que desvalorizam o estudo da história da igreja por aceitarem, consciente ou inconscientemente, o equivocado pensamento de que o conhecimento histórico não é importante para sua vida cristã. É para esse grupo em específico que queremos nos dirigir.
Há razões para se dedicar pelo menos em um momento da nossa existência ao estudo das nossas raízes, registradas no passado. Mas alguém dirá, afinal por que estudar história da Igreja?
É oportuno nesse primeiro momento informar que há muitas razões que demonstram o alto valor de conhecer a história em seu sentido amplo, incluindo claro a do cristianismo. Uma das primeiras razões mais citadas é de que o cristianismo é essencialmente uma fé histórica.
Conforme afirmou Carlos Astorga: “A fé cristã repousa em fatos históricos específicos que possuem valor e transcendência eternos.”
No entanto, objeções a essa visão foram levantadas. Astorga nos transmite a razão para tais questões: “Ao longo dos séculos, os críticos do cristianismo têm procurado atacar, refutar e negar a realidade histórica (a ‘historicidade’) de eventos como a criação, o chamado de Abrão, o reino de Davi e o nascimento, a morte e a ressurreição de Jesus. Por que é tão importante para os não-cristãos negar esses eventos? O motivo é simples. Se esses eventos são historicamente falsos, o cristianismo também é falso.”
Fica claro que o que foi dito é sim importante. Abaixo gostaria de compartilhar um texto na íntegra sobre esse assunto. Que essa reflexão possa inspirá-lo a buscar conhecer, compreender e vivenciar o cristianismo tal como nos apresentou os apóstolos e o nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, estudemos a história da igreja.



Nenhum comentário:

Postar um comentário