O Jornal Tocha da Verdade é um periódico trimestral independente que tem como objetivo resgatar os princípios cristãos em toda sua plenitude. Com artigos escritos por pastores, professores de algumas áreas do saber e por estudiosos da teologia buscamos despertar a comunidade cristã-evangélica para a pureza das Escrituras. Incentivamos a prática e a ética cristã em vistas do aperfeiçoamento da Igreja de Cristo como noiva imaculada. Prezamos pela simplicidade do Evangelho e pelo não conformismo com a mundanização e a secularização do Cristianismo pós-moderno em fase de decadência espiritual.

Comunie

Comunie

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

A BUSCA CORRETA PELO PODER DO ALTO (artigo inspirado pelo retiro de jovens)

Deus operou de maneira maravilhosa em nosso primeiro retiro espiritual entre jovens e adolescentes de nossa igreja. Desde a primeira palavra, profunda e objetiva, do irmão Gleyciano até a última proferida por ele também. Percebemos que Deus estava no controle e na orientação de cada mensagem.
No sábado pela madrugada, muitos jovens foram envolvidos pelo desejo santo de entrar na presença de Deus mediante oração. Não pôde passar despercebido por todos ali presentes que Deus estava quebrantando corações, dispondo vontades para melhor entender as coisas espirituais como também alimentar em muitos um desejo de ter poder espiritual fluindo de suas vidas, proporcionada pelo Batismo no Espírito Santo.
Nosso Senhor Jesus batizou três jovens nessa ocasião, mas muitos não receberam o revestimento de poder prometido a cada crente. Para esses digo: “não deixem de buscar a presença de Deus, pois, se continuarem a buscar ao Senhor a cada ocasião e dia, logo receberão o poder espiritual tão desejado”.
Gostaria de falar aos adolescentes e jovens algumas coisas importantes. O Batismo no Espírito Santo não deve ser procurado somente em ocasiões específicas (como em um retiro espiritual), deve, entretanto, ser buscado até ser recebido. Porque cabe a nós nos apropriarmos daquilo que o Senhor já nos deu.
Antes de continuar nessa busca, lembre-se de uma coisa. Antes de buscar o poder do alto, examine seu coração. A Bíblia convida você a fazer isso, por isso devemos atender ao seu chamado. O nosso coração deve estar diante do altar do Senhor por inteiro. Não podemos deixar espaço algum em nosso coração que não esteja em consagração ao Senhor. Agora, alguém dirá: “porque deve haver esse preparo antes de buscar o Batismo no Espírito Santo?”.
A resposta é simples. O Espírito Santo flui de maneira mais gloriosa em corações cujo domínio esteja em suas mãos. A maneira de sabermos se nosso coração está dominado por Deus é, por exemplo, se a nossa língua está controlada pelo Espírito. Por isso, não há como pedir bênçãos espirituais a Deus e ainda continuar a falar coisas que não convém, como palavrão, linguajar mundano, piadas impuras etc.
O apóstolo Tiago disse que “todos tropeçamos em muitas coisas”. E ainda, “se alguém não tropeça no falar, é perfeito varão, capaz de refrear também todo o corpo” (Tiago 3:2). O que Tiago quis dizer? Ora, se Deus tem a sua língua, um pequeno órgão que pode ser tão problemático, (v. 5) será que ele também não controlará todo o seu corpo? Portanto, devemos consagrar nossa língua a Deus.
Outra coisa importante é você está consciente de que no Batismo no Espírito Santo o próprio Espírito Santo vem te encher, revestindo-lhe de poder espiritual. O que é esse poder espiritual? É a capacidade dada pelo Espírito de fazer uso de sua vida para alcançar de maneira mais eficaz cada pessoa que escuta o Evangelho. Você deve nutrir no seu coração uma comunhão com Espírito Santo.
E por fim, você deve orar. Muitos jovens só buscam a Deus na empolgação de algum evento. É muito fácil ser influenciado em um ambiente em que a espiritualidade e a influência de Deus esteja superabundando. No entanto, a Bíblia orienta o crente a desejar o revestimento de poder independente das circunstâncias. Aliás, se você não deseja aprender de Jesus (isto é, ter consciência de que você está em Cristo, ligado a ele vitalmente), possivelmente, estará demonstrando um sinal de que não estás bem espiritualmente e talvez não seja crente, mesmo frequentando a igreja e sendo filho de pais crentes. Os apóstolos, antes da descida do Espírito Santo em Atos 2:1-4, estavam, conforme Atos 1:12-14, orando unânimes na busca pelo Senhor.
Há algo interessante em Atos 1 que poucos se apercebem. É o fato de Jesus, em momento algum antes de ter ressuscitado e ascender aos céus, ter mandado os discípulos orarem, explicitamente falando. Jesus mandou eles ficarem em Jerusalém até serem revestidos de poder, mas não de orarem. O que isso quer dizer da vida espiritual dos discípulos? Quer dizer que eles independentemente da ordem de Jesus de orar desejavam estar em comunhão profunda com Jesus, mesmo sabendo que ele não estaria mais em corpo presente com eles, pois tinham visto Jesus subir aos céus.
Os apóstolos não tiravam os olhos de Jesus, enquanto ele subia ao céu. Fixaram tanto o olhar no céu que foi necessário aparecerem dois varões vestidos de branco para falar com eles:
“E, estando eles com os olhos fitos no céu, enquanto Jesus subia, eis que dois varões vestidos de branco se puseram ao lado deles e lhes disseram: Varões galileus, porque estais olhando para as alturas? Esse Jesus de que dentre vós foi assunto ao céu virá de modo como o viste subir” (Atos 1:10,11).
Como os apóstolos teriam comunhão com Jesus? Pela oração e isso eles logo entenderam. Após dias de busca a promessa do Pai foi dada e “Ao cumprir o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos no mesmo lugar; de repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. E apareceram, distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem” (Atos 2:1-4).
Levando em conta o que foi mencionado, somos levados a acreditar que antes do batismo no Espírito Santo nossa vida deve ser precedida por uma busca incessante de um coração puro e sincero diante de Deus. Assim, seremos revestidos do poder do alto para pregarmos a Palavra de Deus.
No amor perene de nosso Salvador Jesus,
Heberth Ventura

Nenhum comentário:

Postar um comentário