O Jornal Tocha da Verdade é um periódico trimestral independente que tem como objetivo resgatar os princípios cristãos em toda sua plenitude. Com artigos escritos por pastores, professores de algumas áreas do saber e por estudiosos da teologia buscamos despertar a comunidade cristã-evangélica para a pureza das Escrituras. Incentivamos a prática e a ética cristã em vistas do aperfeiçoamento da Igreja de Cristo como noiva imaculada. Prezamos pela simplicidade do Evangelho e pelo não conformismo com a mundanização e a secularização do Cristianismo pós-moderno em fase de decadência espiritual.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

UMA BREVE BIOGRAFIA - Jonathan Edwards

Edwards nasceu em East Windsor, Connecticut, em outubro de 1703. Seu pai, Timothy Edwards, se formou em Harvard e era o pastor da aldeia.
Como todos os jovens de seu tempo, Jonathan foi educado em casa. Por ele ter demonstrado uma inteligência incomum, seu pai o matriculou em Yale aos 13 anos. Durante a pós-graduação, ele teve uma experiência de conversão profunda que alterou radicalmente sua vida e lançou as bases para todos os frutos genuínos e maravilhosos que se seguiram.
Após a graduação, ele se casou com a donzela mais qualificada da Nova Inglaterra, Sarah Pierrepont, de 17 anos. Eles tiveram 11 filhos e o legado de sua posteridade era fenomenal. Apesar de ter escrito vários livros sobre casamento e vida familiar, foi compreensão profunda de Jonathan da Bíblia que liga seu nome com maiores pensadores do cristianismo.
Jonathan logo se mudou para Northampton, Massachusetts, para se tornar o pastor assistente de seu avô, Solomon Stoddard. Poucos anos depois, Stoddard morreu e Jonathan tornou-se pastor sênior. Trabalhou em Northampton por 21 anos.
Em 1735-37, um reavivamento varreu Northampton. Edwards escreveu: “Uma grande e séria preocupação com as grandes coisas da religião e do mundo eterno tornou-se universal em todas as partes da cidade... a obra de conversão foi levada a cabo de maneira surpreendente e aumentou cada vez mais, por assim dizer, multidões vêm a Jesus Cristo”.
Durante a noite, a cidade foi transformada. Os cidadãos cantavam hinos nas ruas, a taberna foi fechada, os jovens buscavam a Deus, e era impossível entrar na igreja a menos que alguém chegasse horas antes.

Então em 1740, como uma grande inundação repentina, o Grande Despertar irrompeu pela Nova Inglaterra e Northampton foi incluído. Foi nessa época que Edwards pregou “Pecadores nas mãos de um Deus Irrado” em Enfield com resultados tão notáveis. Estima-se que 10 por cento da Nova Inglaterra foi convertido durante este tempo. Imagine hoje 28 milhões convertidos em 2 anos. Imagine cada igreja em sua cidade dobrando ou triplicando nos próximos 2 anos, e você tem alguma compreensão da enormidade do que aconteceu?

Nenhum comentário:

Postar um comentário