O Jornal Tocha da Verdade é uma publicação independente que tem como objetivo resgatar os princípios cristãos em toda sua plenitude. Com artigos escritos por pastores, professores de algumas áreas do saber e por estudiosos da teologia buscamos despertar a comunidade cristã-evangélica para a pureza das Escrituras. Incentivamos a prática e a ética cristã em vistas do aperfeiçoamento da Igreja de Cristo como noiva imaculada. Prezamos pela simplicidade do Evangelho e pelo não conformismo com a mundanização e a secularização do Cristianismo pós-moderno em fase de decadência espiritual.

c

c

quinta-feira, 24 de maio de 2018

A graça de Cristo


John Newton acumulou muitas experiências em vida de 82 anos. Sua mãe morreu quando ele tinha seis anos de idade, obrigando-o a se juntar ao pai no mar quando ele tinha onze anos. Ele serviu como aprendiz de marinheiro, e progrediu nas fileiras até se tornar o capitão de um navio negreiro. Abandonou o treinamento religioso que havia experimentado quando criança e se divertiu com a vida dissoluta de um comerciante de escravos. Ele ficou conhecido por sua vida profana e crueldade.
Mas uma noite tempestuosa, quando seu navio corria o risco de afundar e ele corria o risco de morrer, Newton teve uma verdadeira mudança de vida. Poderia ter sido seu treinamento religioso influenciado pelas orações de sua mãe depois de todos esses anos - ou pode ter sido o amor dele por Mary Catlett, uma mulher cristã com quem ele se casou mais tarde - ou poderia ter sido sua leitura do livro, Imitação de Cristo - ou poderia ter sido todos os três. Em qualquer caso, Newton teve uma experiência de conversão real.
Por um tempo, Newton continuou trabalhando no seu navio de escravos, mas começou a tratar tanto os escravos quanto sua tripulação com muito mais compaixão. Finalmente, convencido de que o tráfico de escravos estava errado, ele deixou seu navio e conseguiu um emprego em terra.
Ele então sentiu um chamado para o ministério e foi ordenado aos quarenta anos e designado para uma igreja em Olney, Inglaterra. Ele continuou no ministério durante o resto de sua longa vida, mesmo depois da cegueira que o assolou, impossibilitando-o de ler.
O hino Amazing Grace é, em certo sentido, a própria história de Newton. Foi uma graça incrível que o salvou, e foi a graça surpreendente que foi o foco de sua pregação. Mas Amazing Grace é a história de todo cristão. É uma graça surpreendente que nos salva - nada mais - sem obras de nossas mãos ou presentes de nossa riqueza. Foi incrível que Deus amaria e salvaria John Newton, mas é incrível que Deus ame e salve qualquer um de nós. É realmente algo maravilhoso ouvir o doce som de sua melodia e entender sua legra, mas é tão surpreendente que é difícil de acreditar. Acredite, porque é verdade.

Autor: Richard Niell Donovan (com adaptações)
Disponível em: https://www.sermonwriter.com/hymn-stories/amazing-grace/

Nenhum comentário:

Postar um comentário