O Jornal Tocha da Verdade é um periódico trimestral independente que tem como objetivo resgatar os princípios cristãos em toda sua plenitude. Com artigos escritos por pastores, professores de algumas áreas do saber e por estudiosos da teologia buscamos despertar a comunidade cristã-evangélica para a pureza das Escrituras. Incentivamos a prática e a ética cristã em vistas do aperfeiçoamento da Igreja de Cristo como noiva imaculada. Prezamos pela simplicidade do Evangelho e pelo não conformismo com a mundanização e a secularização do Cristianismo pós-moderno em fase de decadência espiritual.

Comunie

Comunie

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Culto de abertura das Conferências Anabatistas de 2016

Iniciamos nesta quinta (24/11) as Conferências Anabatistas de 2016 em comemoração ao 28º ano de nossa Igreja. Ao culto compareceram muitos irmãos da Igreja e de outras, assim como irmãos que há muito não víamos. Todos ávidos por receber mais de Deus durante o culto de abertura, pois, sem dúvida, uma das marcas de nossa Igreja é a simplicidade com que conduzimos nossas atividades, possibilitando a Igreja de contemplar àquele que merece toda honra, ao majestoso, invisível mais real, ao único que é digno, o Altíssimo Deus triuno.
A pregação ficou sob a responsabilidade do Pr. Jander Lira, presbitério de Caucaia. Como bom pregador que é, capturou a essência do evento (perseguição, sofrimento e perseverança) pelo santo discernimento e, através de uma pregação bem direcionada, serviu a Igreja um “manjar do céu”. Pr. Jander falou que o medo foi vencido em Cristo Jesus, partindo desde a queda até a redenção, fazendo alusão aos momentos de decadência, mas principalmente resgatando a dimensão da liberdade e da não condenação, fazendo os ouvintes vislumbrarem o beneplácito divino em favor das vidas dos regenerados. Se assim aconteceu, obviamente somos impelidos a crê que essa dádiva é expansiva, atingindo os diversos segmentos da vida do crente. Diante do exposto, não há razão para crente temer as duras tribulações da vida, pois seu olhar deverá ser redirecionado pela esperança que não nos confunde. É a partir dela que o crente vencerá e superará os obstáculos da vida, guardando sua vida dentro dos propósitos de Deus. Resumindo, a pregação de nosso pastor foi excepcional, uma das melhores que já ouvi do pastor Jander.
Os participantes do evento também tiveram a oportunidade de visitarem a exposição sobre arte e sofrimento “Martyrium” na qual foram fixadas no ambiente do templo da Igreja diversas gravuras do século XVI com imagens do sofrimento retratadas no “Martyrs Mirror” (Espelho dos Martíres). As imagens foram produzidas através de um processo de concepção a partir de um fixador em cobre, técnica dominada pelo artista da obra, o talentoso Jan Luycken. Além da retratação dos sofrimentos anabatistas, retratos dos líderes do movimento suíço, dos principais iniciadores do resgate ao Cristianismo Primitivo da época, sendo alguns alunos de Ulrico Zwinglio, também estão expostos. O acervo da exposição conta com 39 quadros, mas devido às limitações do templo, foram disponibilizados um pouco mais da metade das gravuras.
Diversos livros sobre a História e doutrina Anabatista estão sendo disponibilizados, inclusive, uma produção dos alunos do IPC (Instituto Pietista de Cultura) intitulada “Caracterização da pregação anabatista”, organizada pelo prof. Dr. João Batista Costa Gonçalves cujos escritos são de autoria dos alunos Amanda, Heberth, Eduardo, Janderson, Rubens, Luiz, Felipe e Fabiano. Há também uma tradução do “Diário de Perpétua”, registro referente às atas africanas do século III, cujo conteúdo foi traduzido pela irmã Natália Lopes com comentários do pesquisador do montanismo e pastor Heládio Santos. Uma obra de grande valia para se entender parte do movimento cristão da época. Esse texto será explorado na programação de sábado (26/11), quando o referido pastor estará apresentando um documentário sobre Perpétua, produzido por empresa americana em parceria com um dos mais conceituados pesquisadores sobre a história de Perpétua e dos montanistas, o professor doutor e pastor Rex D. Butler. Ainda haverá uma exposição do pr. Heládio Santos sobre os mártires montanista no qual será explorada as convicções daqueles cristãos.
No mais, convidamos os leitores a participarem das demais programações notificadas no anúncio acima.

Veja algumas fotos do primeiro dia:


pastor Jander, pastor Glauco, Pabliana, Lívia e Fabiano

Fabiano, Lívia, pastor Jander, pastor Glauco, Francisco de Paula, pastor Edmilson e Ivanilson



pastor Glauco, Fco de Paula, pastor Edmilson, Ivanilson e Daniel








pastor Jander Lira






Nenhum comentário:

Postar um comentário